Oi pessoal!

O assunto de hoje é de muita nostalgia para quem já tem anos de carreira e de muita ansiedade para quem está apenas começando: o internato médico! 

Esse é o primeiro contato do estudante com a prática profissional. Geralmente, o aluno de Medicina passa a graduação inteira aguardando este momento, mas quando finalmente chega, muitos estudantes ficam com receio de não “dar conta do recado”.

Se você vai começar o internato em breve e está com esses medos, calma! Reunimos cinco dicas para você arrasar no internato:

1. Tenha paciência

A primeira dica é justamente: calma! Todo médico já foi interno um dia e sabe quais tipos de responsabilidades podem ser atribuídas a um estudante. “Mas eu não sei o que fazer!”. Não se preocupe. O hospital/UBS já funcionava antes de você, todos os profissionais ali sabem o que fazer. E eles já esperam que você tenha dificuldades no começo, pois TODOS têm. Então tenha paciência consigo mesmo, ok?

2. Descubra sua forma de trabalhar

No começo você não vai saber exatamente o que fazer, mas com o tempo vai notar que o trabalho é bem rotineiro. Nesse momento, é hora de se adaptar a ter horários e organização no trabalho. Cuidar dos pacientes, evoluir, passar visita, rever exames e estudar agora farão parte do seu dia a dia.

Aproveite estes dois anos para tirar o máximo de proveito desta fase! É no internato que você vai ter a possibilidade de aprender na prática, com profissionais mais experientes que você, tudo aquilo que até então era apenas teoria.

3. Se organize!

Quando o medo inicial passar, comece a olhar para os lados e tenha certeza de que você está conseguindo manter um bom equilíbrio entre as outras partes de sua vida, como família, amigos, um tempo só para você… É muito importante você começar a conciliar tudo isso desde já, pois daqui pra frente a rotina só vai se intensificar – e o segredo é conseguir se organizar em todos os aspectos de sua vida! Uma boa dica é ter uma agenda, com todas as atividades que você precisa fazer, para não deixar nada para trás – ou, pelo menos, ter consciência do que precisa ser reagendado.

4. Converse com seus pacientes

Você está se formando em Medicina para cuidar das pessoas, certo? Então aproveite o internato para desenvolver suas habilidades de relação médico-paciente, se dedicando aos atendimentos que você vai fazer ao longo destes dois anos. Dizer que seus pacientes são “difíceis” com frequência ou não ter paciência para explicar os cuidados são atitudes que certamente vão atrasar todo o seu desenvolvimento profissional.

5. Pratique suas habilidades de atendimento

Se você não teve nenhuma oportunidade prévia de estar em um ambiente de atendimento em saúde antes do internato, uma dica muito importante é praticar antes! Isso porque, mesmo todo mundo sabendo que você está ali para aprender, também é verdade que você praticamente cai de paraquedas no hospital ou ambulatório para trabalhar como interno.

Uma aula prática, com feedback imediato e atores simulando pacientes reais: é isso que o Simulation Lab tem para oferecer a você e te ajudar nesta fase da sua carreira! Se você nunca fez uma aula com simulação antes e não sabe como funciona, não tem problema. Basta acessar este link e fazer agora mesmo uma demonstração gratuita!

Share This
%d blogueiros gostam disto: